Artigos

Sociedade Musical União XV de Novembro
Uma Glória Centenária de Mariana

Emílio Ibrahim

"A música é um fenômeno acústico para o prosaico; um problema de melodia, harmonia e ritmo para o teórico; e o desdobrar das asas da alma, o despertar e a realização de todos os sonhos e anseios de quem verdadeiramente a ama...
" Kurt Pahlen - História Universal da Música

Esse depoimento incisivo e sintético do grande historiador da Música deixa patente a grande influência que ela exerce, sob variados aspectos, na vida e no envolvimento sentimental e emotivo das pessoas, que a ela tributam um culto de adoração e enternecimento, reconhecendo-a corno a maior manifestação artística do ser humano.

O papel que a Música desempenha na vida da humanidade é de tal modo marcante que não é admissível a hipótese de prescindirmos da sua existência, que, através dos séculos, sempre representou a tradução mais autêntica da sensibilidade peculiar de cada povo e raça.

Tais considerações ocorrem-nos ao ensejo da comemoração do jubileu do Centenário da Sociedade Musical União XV de Novembro, de Mariana, uma instituição que, por sua atuação excepcional e permanente, no âmbito da nossa comunidade, merece as mais justas e efusivas congratulações e o preito de reconhecimento pelo papel educativo, de entretenimento e de diversão, que desempenha em prol da cultura marianense.

Todos os que tivemos o privilégio de ter despertadas, desde o alvorecer da vida, as nossas mais vivas emoções e sentimentos, ao influxo das apresentações e concertos da União XV de Novembro, devemos creditar a nossa admiração e amor a essa Banda, tão representativa da alma bondosa do povo de Mariana, que hoje se rejubila, com afetuosa dedicação, ao comemorar o centenário dessa sua querida Sociedade Musical.

É por essa razão que me senti deveras orgulhoso e feliz em receber o convite dos organizadores para participar desta celebração que homenageia os fundadores, todos os seus dirigentes e colaboradores, no curso de uma jornada tão longa e expressiva, notadamente os que, na atualidade, com alto espírito de dedicação se vêem representados pelo seu operoso presidente Amadeu da Silva, pela sua dinâmica diretora-secretária, professora Hebe Rola dos Santos e pelo maestro Geraldo Elias Martins.

O nosso preito de estima e de saudade alcança a competente e austera dedicação do maestro Jorge Marques e a colaboração inestimável dos músicos Anibal Walter, José de Pádua, João Walter e outros, que os tivemos sempre como verdadeiros ídolos.

A União XV de Novembro fez escola, formando novas gerações de músicos, que se sucederam em ambiente familiar, de tal forma que hoje podemos afirmar, com irretorquível convicção, figurar essa meritória instituição, com grande relevo e distinção, no topo das tradições musicais da nossa cidade e da região, constituindo uma autêntica vocação turística de Mariana, ao lado da visitação aos nossos consagrados monumentos históricos.

Celebremos, pois, com justos e contagiantes entusiasmo e orgulho, a passagem desse feito histórico de Mariana, que é o centenário da Sociedade Musical União XV de Novembro.

Na realidade, todo o Estado das Minas Gerais deve sentir-se orgulhoso dessa comemoração tão justa e significativa, uma autêntica festa do coração marianense.

Tribuna de Mariana, em novembro de 2001.

Grandes obras

  • Estadio do Maracana

  • Emissario Submarino Ipanema

  • Guandu

  • Lagoa Rodrigo de Freitas

  • Viaduto Paulo de Frontin

  • Elevado da Perimetral

  • Nova Lapa