Discursos, Seminários e Palestras

Comemoração do 30° Aniversário de Formatura em Engenharia - Turma de 1952

Eng. Emílio Ibrahim

O reencontro de antigos colegas de turma é sempre motivo de uma satisfação diferente. Traduz saudades do passado, dos tempos da adolescência, dos duros períodos que marcam o início da vida profissional, e, agora, no nosso caso particular, um presente a que assistimos, no apogeu de nossa carreira, caracterizado como está pela idade certa e pela maturidade.

Tivemos, engenheiros da Turma de 1952, o privilégio de assistir ao mais fantástico e vertiginoso progresso que os mais otimistas futurólogos jamais ousaram pensar se realizasse em tamanhas dimensões e com tanta rapidez. É de fato impressionante o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no século em que vivemos.

Como profissionais da área tecnológica, contribuímos, com uma grande parcela de estudos, experiências e esforços, para colocar o mundo no caminho de um progresso que tem como causa superior e principal o bem-estar social. Temos impressão de que, cada um de nós, em campos diferentes, já nos podemos sentir, de certa forma, realizados profissionalmente.

Grande parte daqueles que aqui se encontram dedicam, como nós, suas atividades à causa pública, em particular, a este maravilhoso Estado do Rio de Janeiro.

Neste particular, cremos não haja exagero em afirmar, que nos sentimos a um tempo honrados e orgulhosos pelo convívio diário com muitos dos nossos colegas de 1952, e, principalmente, por verificarmos que, neste Estado, quer considerando o passado quer o presente, foi esta a turma de engenheiros que mais se destacou, em termos de desempenho e ocupação de postos relevantes na administração desta unidade-chave da Federação.

Estamos certos, ou melhor, convictos, de que o futuro, quando maior ainda for o somatório de experiências e aprimoramento profissional, só poderá refletir resultados ainda mais positivos, a serem levados a crédito da nossa conta corrente, que registra, tão brilhantes folhas de serviços da turma de 52.

O fato de estarmos, presentemente, exercendo elevadas funções de Secretário de Obras Públicas, embora nos honre sobremodo, só pode e só deve ser considerado como um momento transitório da nossa vida, toda ela dedicada ao Serviço Público, qualquer que seja o escalão, onde o destino nos tenha conduzido ou nos irá colocar.

E já que falamos em Serviço Público, foram as atividades administrativas as que mais nos absorveram nestes últimos anos.

Na verdade, dificilmente pode o engenheiro viver apartado das lides administrativas, por menor que seja o empreendimento sob sua responsabilidade. Assim também a liderança lhe é inerente: o Engenheiro, no exercício de sua profissão é incontestavelmente um líder.

Somos dos que acreditam nos novos métodos de liderança, que se assentam na humildade, na competência, no dinamismo, no bom exemplo, no convencimento mútuo entre líder e liderados, do trabalho em equipe. Na administração moderna já não se busca uma estabilização, como meta de equilíbrio, fala-se, com maior propriedade, em equilíbrio dinâmico, o que não é a mesma coisa.

Temos a convicção de que todos aqui reunidos comungam destas mesmas idéias e que igualmente sentem, como nós, que ainda resta muito por fazer, em termos de competência, experiência, maturidade e conhecimento pleno da verdadeira dimensão da sua personalidade, vale dizer, do sentido real das próprias possibilidades.

Com a inquietude e com os sonhos de jovens recém--formados iniciamos o percurso de um longo caminho profissional. Percorrer este caminho certamente nos custou a desilusão de alguns daqueles sonhos e a frustração de muitas esperanças, pois este é o alto preço que todo homem paga para enriquecer-se de experiências e conquistar em sua vida a dose de equilíbrio e de maturidade indispensáveis à sua realização pessoal.

Faço votos para que, em meio à alegria do reencontro, seja este momento de renovação de anseios e esperanças. Já sem os arroubos dos projetos impossíveis da juventude, mas com a serenidade dos que aprenderam a equacionar com realismo os problemas da vida, espero que em cada um de nós esteja agora bem viva a consciência da importância de nosso trabalho, como meio de promover o bem-estar social e de nos assegurar a felicidade de nos sentirmos cumprindo o nosso dever.

Este momento, feito mais de doces alegrias, pela revivência, pelo reencontro, sofre, entretanto, o respaldo da lembrança sempre perene daqueles que se foram e que certamente encontraram, nos mistérios da vida e da morte, um destino melhor. A eles as nossas preces e o nosso preito de saudade.

Sendo sempre um prazer renovado rever velhos amigos e companheiros, esperamos que encontros como este se repitam, para que possamos, ao longo do tempo, recordar alegrias passadas e fazer votos, como agora formulamos, de felicidade e de um futuro cada vez melhor para todos e para suas famílias.


Grandes obras

  • Estadio do Maracana

  • Emissario Submarino Ipanema

  • Guandu

  • Agua - Sao Conrado e Barra

  • Lagoa Rodrigo de Freitas

  • Viaduto Paulo de Frontin

  • Elevado da Perimetral

  • Praias de Ipanema e Leblon

  • Nova Lapa

  • Escolas Publicas