Discursos, Seminários e Palestras

Inauguração da Estação de Bondes de Santa Teresa

Arcos da Lapa Flagrante da inauguração da Estação de Bondes de Santa Teresa. A iniciativa do Governo do Estado consolidou, por intermédio da Secretaria de Obras Públicas, de modo definitivo, a manutenção do tradicional meio de transporte para aquele pitoresco bairro.

Bonde de Santa Teresa Inauguração do restabelecimento da linha de bondes de Santa Tereza

Com a inauguração, hoje, da Estação de Bondes de Santa Teresa e respectiva urbanização da área, está o Governo da Guanabara recompensando, finalmente, a paciência de uma longa espera e satisfazendo os anseios dos moradores de um dos locais mais atraentes e tradicionais da terra carioca. Fica satisfeita, assim, em definitivo, uma das mais justas aspirações dos moradores de Santa Teresa, qual seja, a de que o acesso ao bairro se faça através dos tradicionais bondinhos, selando a sorte dos poucos que se inclinavam pela opção dos ônibus. Mantém-se uma tradição que caracteriza Santa Teresa, tornando-a tão peculiar e que se integra na sua bela paisagem, oferecendo incontestável atração turística ao aprazível bairro.

Atendendo a tão ponderáveis razões, às quais se acrescenta o sentido social, sempre presente em empreendimentos desta ordem, foi que o Governo do Estado resolveu dar curso ao projeto do qual resultou a obra que hoje se inaugura.

Vale ressaltar que esta realização reflete um aspecto salutar de cooperação ativa entre órgãos do Governo Federal e do Estadual, constituindo-se na maneira prática e racional de solucionar problemas comuns, ao tempo em que atesta uma situação de perfeita harmonia entre diferentes esferas do Poder Público.

Um convênio de evidente interesse público, de um lado beneficiando essa extraordinária empresa que é a PETROBRÁS e do outro o Estado, por intermédio da Secretaria de Obras Públicas, foi a maneira mais conveniente que encontrou o Governo para atender necessidades recíprocas. Assim, com a colaboração efetiva e interessada da PETROBRÁS, o Estado entrega ao público uma obra que a partir desta data já começa a beneficiar a coletividade.

Está aqui implantada a nova Estação, com linhas modernas, oferecendo todo conforto aos seus usuários e dispondo, inclusive, de dependências próprias para exposições, o que lhe dá, por certo, um sentido de estímulo à cultura, por meio da disseminação das artes.

Não podemos deixar de ressaltar, na oportunidade, a colaboração da Secretaria de Serviços Públicos, por meio da Companhia de Transportes Coletivos do Estado, responsável pela execução da obra relativa à via permanente e que, doravante, terá o encargo de administrar a Estação.

Aqui está, Senhor Governador, mais uma obra integrante do grande elenco de realizações do atual Governo, à qual serão, dentro em breve, somadas outras, antes ainda do término do mandato de Vossa Excelência. Dentre outras, destacam-se, em termos de urbanização, a remodelação do antigo Largo da Lapa, a da Praça XV de Novembro, a construção de duas novas praças, no centro da cidade, uma no Largo da Carioca e outra, em frente à sede do Banco do Estado, além dos grandes empreendimentos pertinentes ao sistema viário, ao abastecimento de água e ao esgota-mento sanitário.

Discurso extraído do livro "As Grandes Obras que Mudaram a Face do Rio". 1975.


Grandes obras

  • Estadio do Maracana

  • Emissario Submarino Ipanema

  • Guandu

  • Agua - Sao Conrado e Barra

  • Lagoa Rodrigo de Freitas

  • Viaduto Paulo de Frontin

  • Elevado da Perimetral

  • Praias de Ipanema e Leblon

  • Nova Lapa

  • Escolas Publicas