Discursos, Seminários e Palestras

Inauguração do Sistema de Fluoretação de Água do Sistema Guandu

Congresso de Odontologia Inauguração do Sistema de Fluoretação de Água do Sistema Guandu

Congresso de Odontologia Congresso de Odontologia - Visita dos participantes do 5º Congresso de Odontologia ao Guandu, a fim de conhecerem o Centro de Fluoretação das Águas do Sistema Guandu (26 de janeiro de 1981).

Nas encruzilhadas da vida pública, o importante é a pessoa certa, no momento certo, para enfrentá-la e resolver os problemas que ela nos traz.

Cremos que ao Governador Chagas Freitas têm sido reservadas pelo destino altas missões ligadas ao serviço público, missões estas que ele tem cumprido exemplarmente.

A história do Saneamento Básico do antigo Estado da Guanabara e hoje do Estado do Rio de Janeiro tem sido marcada pela presença, pela ação e, sobretudo, pelo alto espírito público do eminente Governador Chagas Freitas, mediante soluções concretas para problemas de tão grande alcance social, que exigem esforços fora do comum, em razão da alta complexidade de que se revestem e dos elevados custos que representam.

Na folha de serviços prestados pela Administração Chagas Freitas, quer no passado quer no presente, podemos assinalar, como obras de maior realce, em primeiro lugar, a recuperação do Lote 2 da Adutora do Guandu, grande desafio que nos foi imposto e que enfrentamos, passados seis anos do desmoronamento que o afetou, e que, na época, deixou de ser resolvido pelas autoridades responsáveis, sem motivo algum que justificasse tal omissão. A duplicação do Sistema Guandu, que realizamos, paralelamente à construção da Subadutora Urucuia-Juramento, destinada à Zona da Leopoldina, é outro significativo empreendimento de que nos orgulhamos perante a opinião pública.

Ainda à conta de obras grandiosas, ressaltamos, pela sua extraordinária importância e vulto, do ponto de vista técnico e social, a construção do Emissário Submarino de Ipanema que, ao proporcionar solução adequada e definitiva do esgotamento sanitário da Zona Sul, surgiu, também, no momento preciso, uma vez que o esgoto, na ocasião, já explodia nas calçadas de Copacabana, Leblon e Ipanema.

De novo presente, no setor de obras públicas do Estado, coube-nos, agora, a difícil tarefa de duplicar, novamente, o Sistema Guandu, construir a Adutora da Baixada Fluminense, com 55 km de extensão, para atender ao desenvolvimento do Grande Rio, que se faz rápido e até surpreendente, e, ainda, implantar a Subadutora da Baixada de Jacarepaguá.

Hoje, aqui estamos tendo a enorme satisfação de inaugurar o Sistema de Fluoretação das Águas do Guandu, o que consideramos, pela sua alta significação, principalmente para a população infantil, como uma homenagem que o Estado lhe presta, no Ano Internacional da Criança.

Trata-se de obra que, atendendo recomendação, para satisfazer inúmeros apelos das classes médica e odontológica, foi iniciada no primeiro Governo de Vossa Excelência, e que agora temos o prazer de entregar concluída, concretizando, assim, os anseios e a expectativa do povo carioca.

Não poderíamos deixar de destacar a atuação da Diretoria da CEDAE, neste empreendimento, que tem à frente o nosso colaborador e estimado amigo Engenheiro José Carlos Vieira.

Destacamos, por igual, no particular, a competência e a dedicação do Engenheiro Fuad Nassim Melem e sua equipe, responsáveis pelos estudos e execução desta importante obra, do maior alcance social, que hoje vemos finalmente inaugurada.

Estas, Senhor Governador, são as obras que o povo precisa e reclama e, por isso mesmo, reconhece como sendo daquelas que trazem soluções concretas para os problemas que mais o afligem.

Seguindo esta filosofia, o atual Governo do Estado, do qual temos a honra de participar, vem norteando a sua política principalmente em obras de infra-estrutura, também chamadas, com justa razão, de serviços públicos essenciais, porque, de fato, são fundamentais para a coletividade; são daquele tipo de serviço que, embora representando enorme soma de investimentos e caracterizando-se pela sua alta complexidade, do ponto de vista técnico-administrativo, aparecem sem grandes alardes, diferentemente de certas obras superficiais, revestidas de pompas, e que, sem maior alcance social, refletem muito mais o desejo de promoções pessoais, deixando de lado o interesse público.

A nossa convicção, como homem dedicado à vida pública, é a de que o povo, como sempre felizmente vem ocorrendo, saiba reconhecer estes nossos esforços para beneficiá-lo, para melhorar cada vez mais o seu bem-estar social. Isto é o que buscamos ardentemente, como única recompensa aos serviços que prestamos à causa pública.

Para encerrar este pronunciamento, gostaríamos de ressaltar as inúmeras manifestações de aplausos que temos recebido das classes médica e odontológica, manifestações que agradecemos, na pessoa do Doutor Leopoldo Ferreira, aqui presente, assim como grato ficamos pelo comparecimento de todos que aqui vieram prestigiar esta solenidade.

Discurso, em 6 de dezembro de 1979.


Grandes obras

  • Estadio do Maracana

  • Emissario Submarino Ipanema

  • Guandu

  • Agua - Sao Conrado e Barra

  • Lagoa Rodrigo de Freitas

  • Viaduto Paulo de Frontin

  • Elevado da Perimetral

  • Praias de Ipanema e Leblon

  • Nova Lapa

  • Escolas Publicas